terça-feira, julho 16, 2024
- Publicidade -
InícioNotíciasFiat e Strada se consagram pelo terceiro ano consecutivo no lugar mais...

Fiat e Strada se consagram pelo terceiro ano consecutivo no lugar mais alto do pódio do mercado brasileiro

Pelo terceiro ano seguido, a Fiat e a picape Strada garantiram a liderança do mercado brasileiro com o fechamento de 2023. O resultado permitiu até que a marca comemorasse pedindo música na noite de domingo na televisão. No ano, a marca alcançou 21,8% de participação com 475.443 unidades emplacadas, mais de 128 mil carros à frente da segunda colocada. Já a Strada teve 120.600 unidades vendidas e 5,5% de market share. Ainda no top 10 de veículos mais vendidos no ano, também entraram o Mobi na sexta posição com 73.432 carros emplacados (3,4% de participação) e o Argo em oitavo lugar com 66.719 unidades (3,1% de market share).

A Fiat ainda garantiu em 2023 a liderança nas categorias de Hatches com 140.261 unidades e 22,6% de segment share, Picapes com 171.915 carros e 42,6% de participação na categoria e Vans com 26.250 veículos emplacados e 44,5% de segment share. Vale dizer que nesta última a Fiat é a número um absoluta desde julho de 2012. Já em SUVs, a marca teve 86.219 unidades vendidas no ano e um importante crescimento de 43% (25.802 carros) em relação a 2022.

Em relação ao fechamento do último mês do ano, a Fiat também encerrou em primeiro lugar com 19,7% de market share e e 46.808 unidades emplacadas. Dois modelos entraram no top 10: a picape Strada com 10.573 unidades emplacadas e o Mobi com 7.395 veículos comercializados. Em dezembro, a Fiat liderou em Picapes com 15.281 unidades emplacadas e 36,1% da categoria em geral, sendo que a Strada garantiu 66,7% das B-picapes e a Toro, 42% das C-picapes, ambas em primeiro lugar em seus segmentos.

Em Vans, a marca também foi a primeira em vendas, com 4.708 veículos e 53,5% de segment share. O Fiorino liderou sua categoria, como faz há dez anos (desde dezembro de 2013), com 3.485 unidades emplacadas (88,3% de participação em B-Vans). O Scudo em dezembro também levou a medalha de ouro entre as D-Vans com 261 unidades emplacadas e 25% de participação no segmento.

Sucesso da Abarth

Divisão esportiva da Fiat que voltou ao Brasil em 2022 com o primeiro SUV da marca do escorpião no mundo, a Abarth também trouxe motivos para comemoração. Recém-lançado, o Fastback Abarth foi o veículo verdadeiramente esportivo mais vendido em dezembro no Brasil com 342 veículos comercializados (64 a mais que o segundo colocado, ou seja, cerca de 23% acima). No ano, foram 509 unidades do SUV coupé envenenado (lembrando que o modelo foi lançado no último trimestre do ano: em 26 de outubro). O Pulse Abarth também se destacou em 2023 e garantiu o lugar mais alto do podium entre os esportivos com 2.566 unidades emplacadas.

“O último ano da Fiat foi brilhante mais uma vez! Vendemos 45 mil carros a mais que em 2022 e mantivemos o patamar ótimo de cerca de 22% de participação, além da liderança do mercado pela Fiat, Abarth e Strada, que teve a importante novidade de passar a contar com motor turbo este ano. Ainda completamos os motivos para celebrar com o primeiro lugar em importantes segmentos e crescimento significativo no de SUVs em relação a 2022. Também atingimos a marca de meio milhão de veículos produzidos do Argo e do Mobi, em Betim (MG), e da Toro, em Goiana (PE). Para completar, recebemos mais de 30 prêmios. Todos esses fatores comprovam que estamos fazendo as melhores escolhas ao inovar sempre, entendendo os anseios dos clientes e com a grande parceria da rede de concessionárias. E que venham as novidades de 2024!”, diz Herlander Zola, vice-presidente sênior de Operações Comerciais da Stellantis no Brasil e de Veículos Comerciais Leves (LCV) para América do Sul.

- Publicidade -
Google search engine
NOTÍCIAS RELACIONADAS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -
Google search engine

Mais Popular