quinta-feira, junho 27, 2024
- Publicidade -
InícioStock CarGigantes sem fronteira: Cacá Bueno e Matías Rossi frente a frente em...

Gigantes sem fronteira: Cacá Bueno e Matías Rossi frente a frente em Buenos Aires

No reencontro do TC2000 com a Stock Car, seus dois maiores campeões em atividade se testam em desafio duplo no autódromo portenho

Cacá Bueno e Matías Rossi têm em comum uma história vitoriosa no automobilismo e prateleiras repletas de troféus conquistados em triunfos e títulos. Mas há mais semelhanças: com cinco títulos na Stock Car e TC2000, respectivamente, Cacá e Matías são os pilotos em atividade com mais campeonatos conquistados nas principais categorias do automobilismo sul-americano. Ambos só estão atrás das lendas Ingo Hoffmann e Juan María Traverso, os maiores nomes destes campeonatos, ambos já aposentados das pistas.
A trajetória dos dois é tão parecida que é possível dizer que o pentacampeão do TC2000 é o “Cacá Bueno argentino”. E o cinco vezes campeão da Stock Car se encaixa perfeitamente no papel de “Matías Rossi brasileiro”. Neste sábado (7), no Autódromo Oscar y Juan Galvez, em Buenos Aires, Cacá e Matías ficaram lado a lado para uma foto especial que também retrata o fato de que ambos disputarão tanto a etapa da Stock Car quanto a da TC2000 neste domingo.
Além de dar continuidade à sua campanha na Stock Car, Cacá será companheiro do argentino Bernardo Llaver na pilotagem de um Honda Civic nos 200 Km de Buenos Aires, prova especial da TC2000 que também acontece no domingo. Já Matías dividirá o volante do Toyota Corolla com seu compatriota Julián Santero no TC2000 depois de fazer neste mesmo domingo a nona etapa da principal categoria brasileira.

Números vitoriosos — Neste ano, Cacá Bueno superou o icônico Ingo Hoffmann, dono de insuperáveis 12 títulos da Stock Car, como recordista de largadas na categoria. Campeão em 2006, 2007, 2009, 2011 e 2012, o carioca realizou 348 corridas na Pro Series e tem alguns dos melhores números do certame em todos os tempos: 37 vitórias, 37 poles, 86 pódios e 22 voltas mais rápidas, além dos cinco títulos conquistados pelo piloto, atualmente com 47 anos.
Cacá é um dos pilotos com vitória na Stock Car correndo em Buenos Aires, com triunfo obtido em outubro de 2007 a bordo de um Mitsubishi Lancer. Mantendo laços sentimentais com a Argentina, Bueno viveu por três anos no país, entre o fim dos anos 1990 e o início da década de 2000, e correu com destaque em categorias como a TC2000 e o Sul-Americano de Turismo.
Com 39 anos, Matías Rossi tem cinco títulos no TC2000, conquistados em 2006, 2007, 2011, 2013 e 2020, em trajetória de 223 corridas, 42 vitórias, 100 pódios, 20 poles e 39 voltas mais rápidas. ‘El Misil’ só é superado pela lenda argentina Juan María Traverso, heptacampeão do TC2000.
Outro marco importante na carreira de Matías diz respeito diretamente à Stock Car. Rossi é o piloto não-brasileiro mais bem-sucedido na Pro Series. Nesta temporada, o argentino chegou à sua quarta vitória na categoria: o piloto venceu duas vezes em Interlagos, em São Paulo, e outras duas no Velocitta, em Mogi Guaçu. No total, Matías tem ainda 11 pódios, uma pole, três voltas mais rápidas e 69 corridas na Stock Car.
A Stock Car contará com mais três brasileiros na etapa da TC2000 neste fim de semana. Além de Cacá Bueno, também estarão na pista Ricardo Maurício, como parceiro de Néstor ‘Bebu’ Girolami no Chevrolet Cruze; Nelson Piquet, que dividirá o volante com Facundo Aldrighetti em um Toyota Corolla; e Raphael Teixeira, que será convidado de Josito Di Palma na pilotagem de um Fiat Cronos.

Cacá Bueno na Stock Car
Títulos: 5 (2006, 2007, 2009, 2011 e 2012)
Vitórias: 37
Poles: 37
Pódios: 86
Voltas mais rápidas: 22
Corridas: 348

Matías Rossi no TC2000
Títulos: 5 (2006, 2007, 2011, 2013 e 2020)
Vitórias: 42
Poles: 20
Pódios: 100
Voltas mais rápidas: 39
Corridas: 223

- Publicidade -
Google search engine
NOTÍCIAS RELACIONADAS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -
Google search engine

Mais Popular