sexta-feira, junho 28, 2024
- Publicidade -
InícioCarrosElétricosFord anuncia dois novos SUVs elétricos com plataforma da Volkswagen

Ford anuncia dois novos SUVs elétricos com plataforma da Volkswagen

Depois de fazer a Amarok baseada na Ranger, Volkswagen emprestará plataforma MEB do ID.4 e ID.5 para para Ford lançar SUVs elétricos

‘Uma mão lava a outra’, esse é o lema da atual relação da Ford com a Volkswagen. Depois dos americanos ‘dividirem’ o projeto da Ford Ranger para servir de base para a nova Volkswagen Amarok, chegou a hora da fabricante alemã dar uma ‘mãozinha’ para a colega.

Para aumentar sua gama de elétricos na Europa, a Ford usará a plataforma MEB, usada pela família ID da Volkswagen. Como fruto disso, a montadora está projetando dois novos SUVs elétricos: um “crossover médio” e outro com pegada esportiva. O acordo entre as montadoras permite à Ford fabricar até 1,2 milhão de veículos com a plataforma da rival em um prazo de seis anos.

Até agora, pudemos ver apenas parte da silhueta dos modelos em uma imagem promocional que a Ford divulgou, que além dos estreantes, também mostra novas versões do SUV Puma e do Mustang March-E, além da linha dos novos utilitários Transit, Tourneo e e-Transit, todos elétricos.

Novos modelos totalmente elétricos da Ford
Divulgação/Ford

Na escala hierárquica, o Puma elétrico estaria mais abaixo, logo atrás do novo SUV médio. Na sequência viria o novo crossover esportivo e no topo o Mustang Mach-E. 

Os novos modelos serão fabricados na fábrica de Colônia, na Alemanha, substituindo o Fiesta na linha de montagem. A planta receberá um investimento de 1,5 bilhões de libras (cerca de 9,6 bilhões de reais) e passará a ser exclusivamente usada para montar veículos elétricos.

A arquitetura MEB pode receber baterias de até 77 kWh e já está confirmado que o SUV médio terá cerca de 500 km de alcance, provavelmente, no ciclo WLTP – como o VW ID.4. O novo modelo poderá ter tração traseira ou integral, podendo variar entre os 145 cv e 295 cv, e os faróis têm assinaturas finas em forma de ‘L’ invertido. Já seu design é mais quadrado e robusto se comparado ao ID.4, que deverá servir como base do projeto.

No caso do crossover esportivo, não seria estranho se estivesse alinhado com o ID.5 GTX, que tem 299 cv, mas nenhuma característica foi confirmada oficialmente até o momento. Seus faróis têm assinatura mais arredondada, que lembra o símbolo de parênteses e seu visual segue a pegada ‘parruda’ do SUV médio.

Volkswagen Amarok
Nova Amarok também é fruto da parceria entre Ford e Volkswagen e foi feita baseada na Ranger Divulgação/Volkswagen

Aliás, a Ford garante que, em questão de design e dirigibilidade, seus modelos serão bem originais e distantes dos ‘irmãos’ da Volkswagen. “Deixe-me garantir a você, esses produtos terão absolutamente a aparência e a dirigibilidade dos Fords”, disse Stuart Rowley, chefe da Ford Europa.

Os dois modelos serão apresentados em breve. O crossover médio será apresentado ainda esse ano e as vendas começarão em 2023, enquanto o esportivo deve dar as caras só em 2024, assim como a nova linha de utilitários.

Ford Puma
Ford Puma será totalmente elétrico Divulgação/Ford

Sobre a outra novidade, o Puma elétrico, também pouco foi mostrado. A única coisa que sabemos é que ele será fabricado na Romênia, substituindo o EcoSport, que será descontinuado em breve na Europa.

- Publicidade -
Google search engine
NOTÍCIAS RELACIONADAS
- Publicidade -
Google search engine

Mais Popular