terça-feira, julho 16, 2024
- Publicidade -
InícioAutomobilismoApós 13 anos, Adriano Buzaid volta aos monopostos e tem final de...

Após 13 anos, Adriano Buzaid volta aos monopostos e tem final de semana perfeito em Misano com pole, pódio e vitória na BOSS GP Racing

Brasileiro recebe convite da equipe MM International Motorsport e disputa etapa na categoria Fórmula, que utiliza os carros da antiga GP2

Foram anos longe das pistas, mas o retorno não poderia ter sido melhor para o brasileiro Adriano Buzaid, de 35 anos, que conquistou um grande resultado neste final de semana (22 e 23) na quarta etapa da temporada 2023 da BOSS GP Racing no circuito de Misano, na Itália.

Longe dos monopostos desde 2010, quando interrompeu uma carreira vitoriosa e promissora na Europa por falta de patrocínio, Buzaid voltou ao Brasil, se dedicou aos negócios, disputou algumas provas de kart e na Porsche Cup, mas manteve o sonho de voltar a acelerar com os carros mais rápidos do mundo.

Em Misano, correndo pela equipe MM International Motorsport, o brasileiro teve uma estreia arrasadora na BOSS GP: liderou todos os treinos da categoria Fórmula, fez a pole position, terminou em segundo na corrida 1 e venceu a corrida 2. A categoria utiliza os carros da antiga GP2 e também da World Series, que são considerados os mais próximos da Fórmula 1.

“Treze anos atrás, minha carreira no automobilismo parou. Financeiramente eu não poderia ir mais longe. Minhas últimas nove corridas, com duas vitórias, sete pódios, duas poles, voltas mais rápidas, recordes de volta na F3 Britânica não foram suficientes para me manter avançando em direção ao meu objetivo na Fórmula 1 e eu entendo isso”, lembrou Buzaid, que venceu corridas contra grandes nomes da Fórmula 1 atual, como Daniel Riccardo, Valtteri Bottas, além de Jules Bianchi, Esteban Gutierrez, Max Chilton, Jean Eric Vergne e Felipe Nasr.

“Voltei ao Brasil e abri do zero a Gohobby Future Technology, uma das maiores empresas de tecnologia de drones da América Latina atualmente. Mas o que eu tenho a dizer é que se você realmente acredita em si mesmo, não importa o que você escolha fazer na vida, pegue os melhores princípios e valores e aplique em qualquer coisa, em qualquer posição na carreira, mas se certifique de que você trabalha todos os dias para tentar ser o melhor, se você tiver uma chance ou uma oportunidade, não perca a chance de voar”, ressaltou o brasileiro.

“Recebi o convite para disputar essa prova e era um sonho correr com carros tão rápidos como estes, já que o GP2 é mais rápido que um Fórmula 2 e eu diria que é o que mais se aproxima de um Fórmula 1 atual. Agarrei a oportunidade com todas as forças. Me preparei fisicamente, treinei no simulador e fui para a etapa”, contou.

“Agradeço ao Valerio Sacilotto (chefe de equipe) e à Sarah. Obrigado por terem acreditado em mim, quando ninguém mais lembrava o meu nome. Lideramos todos os treinos livres, fizemos a pole position, o segundo lugar na corrida 1 e a vitória na corrida 2, com volta mais rápida. Era o mínimo que eu poderia fazer por uma equipe como a MM International Motorsport”, agradeceu Buzaid, que disputou a etapa com o apoio das empresas Pit Stop Shop, Puntoluce Iluminaçao, Gohobby Future Technology, Box Prime e Nampur.

Na vitória da corrida 2, o brasileiro superou em oito décimos de segundo o piloto Haralds Slegelmilhs, que detém o recorde mundial da pista de Misano, com a marca de 1min20s785 estabelecida em 2022 no traçado de 4,226 km.

Além da categoria Fórmula, a etapa em Misano também teve a classe Open, com mais um brasileiro no alto do pódio. Antonio Pizzonia, ex-piloto de Fórmula 1, venceu as duas baterias da categoria, que utiliza carros da antiga World Series. Nesta temporada, no entanto, a Open passou a contar com um motor de 750 cavalos v8 aspirado, da fabricante Inglesa Gibson, que se assemelha muito a um motor antigo de F-1

A próxima etapa da BOSS GP acontecerá entre os dias 11 e 13 de agosto, em Assen, na Holanda. “Ainda é cedo para dizer algo, mas vou conversar com a equipe sobre minha continuidade na temporada”, finalizou Buzaid.

Confira os melhores colocados na categoria Fórmula em Misano (Top-5):

Corrida 1
1. Haralds Slegelmilhs (Let) 14 voltas
2. Adriano Buzaid (Bra)
3. Simone Colombo (Ita)
4. Marco Ghiotto (Ita)
5. Fabian Vettel (Ale)

Corrida 2
1. Adriano Buzaid (Bra) 14 voltas
2. Haralds Slegelmilhs (Let)
3. Simone Colombo (Ita)
4. Marco Ghiotto (Ita)
5. Checco Malavasi (Ita)

Para mais informações sobre a categoria, acesse: https://www.bossgp.com/ 

Imprensa
FGCom

- Publicidade -
Google search engine
FonteFGCom
NOTÍCIAS RELACIONADAS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -
Google search engine

Mais Popular