quinta-feira, junho 27, 2024
- Publicidade -
InícioStock CarZezinho Muggiati e Felipe Papazissis vencem em domingo de Stock Series no...

Zezinho Muggiati e Felipe Papazissis vencem em domingo de Stock Series no Velopark

O paranaense garantiu sua segunda vitória no fim de semana, virou o jogo na luta pelo título e voltou à liderança do campeonato. Rodada em Nova Santa Rita terminou com o primeiro triunfo de Felipe Papazissis

A temporada 2023 da Stock Series colocou ainda mais tempero na batalha pelo título e também pelo superprêmio equivalente a R$ 2,5 milhões em orçamento para o campeão disputar a Stock Car no ano que vem. Em um fim de semana bastante consistente e de forte performance, Zezinho Muggiati (W2 Racing ProGP) ratificou a boa campanha na etapa do Velopark e conquistou mais uma vitória ao subir no topo do pódio da Corrida 2 da rodada, realizada sob temperatura ambiente de 35ºC em Nova Santa Rita (RS). O fim de semana de velocidade em solo gaúcho terminou com o primeiro triunfo de Felipe Papazissis (RKL Competições) na categoria de acesso.
Com a pole conquistada na classificação do último sábado, Muggiati partiu na frente e não deu chances aos adversários, abrindo vantagem logo nas primeiras voltas, em cenário que permaneceu até o fim da prova. O piloto do carro #38 faturou assim seu quinto triunfo no campeonato, tornando-se o maior vencedor do ano na categoria.
Felipe Barrichello Bartz (W2 Racing ProGP) foi um dos bons destaques do domingo. Melhor ‘rookie’ do fim de semana, o sobrinho de Rubens Barrichello superou a pressão de Gabriel Robe (Garra Racing Team) nas voltas iniciais e terminou a Corrida 2 na segunda posição, logo à frente do campeão da divisão de acesso em 2017 e um dos postulantes ao título. Os ‘rookies’ Mathias de Valle e Enzo Bedani completaram o top-5, que teve quatro carros da W2 Racing ProGP.
Zezinho Muggiati sai do Velopark ciente que alcançou a meta estabelecida para o fim de semana. “Objetivo cumprido com a volta à liderança do campeonato, com bons pontos na frente agora. Vamos concentrar e focar nas etapas do Velocitta e de Interlagos para trazer esse título”, disse.

A primeira vitória — Felipe Papazissis finalizou a segunda prova do fim de semana da Stock Series na oitava colocação, situação que o garantiu na primeira posição para o grid da terceira e última corrida graças à regra do grid invertido. O paulista de 22 anos aproveitou muito bem a oportunidade para vencer pela primeira vez na categoria.
Papazissis largou lado a lado com Bruna Tomaselli (Garra Racing Team) na primeira fila. Mas o gaúcho Arthur Gama superou a companheira de equipe logo nas primeiras curvas e tomou a segunda posição.
Zezinho Muggiati era o sétimo colocado quando viu seu principal concorrente na luta pelo título sofrer um duro revés. Ao passar por uma das zebras da pista, o piloto da Garra enfrentou uma quebra na suspensão do carro e abandonou, causando o safety-car.
Mas nem a aproximação do pelotão com a bandeira amarela foi o suficiente para atrapalhar o caminho de Papazissis rumo à sua primeira vitória. Felipe controlou a pressão exercida por Gama e partiu para a vitória no Velopark, com 1s832 de vantagem para o porto-alegrense. Barrichello Bartz buscou a segunda posição até o fim e partiu para cima de Arthur Gama. No fim das contas, ‘Pipe’ completou o top-3 e faturou seu terceiro pódio geral em três corridas.
Pietro Rimbano terminou em quarto, enquanto Bruna Tomaselli foi a quinta melhor colocada. Zezinho Muggiati ficou em sétimo, atrás de Hugo Cibien (W2 Racing ProGP) e à frente de Kaká Magno (RTR Sport Team).
O mais novo vencedor da Stock Series desabafou e se mostrou aliviado com a conquista no Velopark. “Estava precisando. Antes tarde do que nunca. Foi uma corrida bastante mental pelo desgaste dos pneus e dos freios. Larguei na frente, mas quando me consolidei na ponta foi só administrar. A equipe merece muito esse resultado e eu também mereço”, disse.

Liderança muda de mãos — Depois de duas etapas com Gabriel Robe na liderança, agora é a vez de Zezinho Muggiati tomar a dianteira. Com duas vitórias no Velopark, o paranaense tem agora 273 pontos, 16 de vantagem para Robe. Pietro Rimbano segue em terceiro, agora com 218, seguido por Arthur Gama e Felipe Barrichello Bartz, com 207 e 192, respectivamente.
Mathias de Valle caiu para o sexto lugar geral, com 189, enquanto Hugo Cibien é o sétimo e acumula 150, quatro a mais que Bruna Tomaselli. Kaká Magno tem 139 e é a nona colocada. Felipe Papazissis, com 128; Enzo Bedani, com 109; e Vinicius Papareli, com 108, fecham a tabela do campeonato.
A quinta e penúltima etapa da temporada 2023 da categoria de acesso Stock Series está marcada para os dias 27 a 29 de outubro e terá lugar no Autódromo Velocitta, em Mogi Guaçu, no interior de São Paulo.

Stock Series, etapa 4, Velopark
Corrida 2:

1º – Zezinho Muggiati (W2 Racing/ProGP), 19 voltas em 21min49s771
2º – Felipe Barrichello Bartz (W2 Racing/ProGP), a 2s665
3º – Gabriel Robe (Garra Racing Team), a 5s666
4º – Mathias de Valle (W2 Racing/ProGP), a 6s571
5º – Enzo Bedani (W2 Racing/ProGP), a 6s986
6º – Arthur Gama (Garra Racing Team), a 7s514
7ª – Bruna Tomaselli (Garra Racing Team), a 10s517
8º – Felipe Papazissis (RKL Competições), a 11s641
9º – Hugo Cibien (W2 Racing/ProGP), a 29s818
10ª – Kaká Magno (RTR Sport Team), a 1min11s136
11º – Pietro Rimbano (RKL Competições), a 4 voltas

Excluído
Vinícius Papareli (RTR Sport Team)

Corrida 3:
1º – Felipe Papazissis (RKL Competições), 25 voltas em 26min31s804
2º – Arthur Gama (Garra Racing Team), a 1s832
3º – Felipe Barrichello Bartz (W2 Racing/ProGP), a 14s027
4º – Pietro Rimbano (RKL Competições), a 19s240
5ª – Bruna Tomaselli (Garra Racing Team), a 21s495
6º – Hugo Cibien (W2 Racing/ProGP), a 35s480
7º – Zezinho Muggiati (W2 Racing/ProGP), a 47s274
8ª – Kaká Magno (RTR Sport Team), a 1 volta

Não completaram
Mathias de Valle (W2 Racing/ProGP), a 8 voltas
Enzo Bedani (W2 Racing/ProGP), a 9 voltas
Gabriel Robe (Garra Racing Team), a 22 voltas
Vinicius Papareli (RTR Sport Team), não largou

Classificação do campeonato após quatro etapas:
1º – Zezinho Muggiati, 273 pontos
2º – Gabriel Robe, 257
3º – Pietro Rimbano, 218
4º – Arthur Gama, 207
5º – Felipe Barrichello Bartz, 192
6º – Mathias de Valle, 189
7º – Hugo Cibien, 150
8ª – Bruna Tomaselli, 146
9ª – Kaká Magno, 139
10º – Felipe Papazissis, 128
11º – Enzo Bedani, 109
12º – Vinicius Papareli, 108

Calendário da temporada 2023
5ª etapa – Velocitta – 29 de outubro
6ª etapa – Interlagos – 17 de dezembro

- Publicidade -
Google search engine
FonteVicar
NOTÍCIAS RELACIONADAS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -
Google search engine

Mais Popular