quarta-feira, julho 17, 2024
- Publicidade -
InícioStock CarSob olhares de Jean Todt, Átila Abreu vence GP Silverado Stock Car...

Sob olhares de Jean Todt, Átila Abreu vence GP Silverado Stock Car 600

Cesar Ramos faturou a prova número 599 em domingo de calor, acidentes e emoção acompanhado in loco pelo ex-homem forte da Ferrari e FIA

A Stock Car Pro Series alcançou mais um marco histórico na sua trajetória e deu sequência a uma temporada 2023 emocionante e imprevisível neste domingo (27 de agosto). O Autódromo Internacional de Goiânia Ayrton Senna foi palco do GP Silverado Stock Car 600, que representou o sexto centenário de provas da principal categoria do automobilismo nacional.
Cesar Ramos (Toyota Corolla da Ipiranga Racing) converteu a pole position em vitória na Corrida 1 depois de travar espetacular duelo com Nelson Piquet Jr. (Corolla da Crown Racing) nas voltas finais. Ramos foi ainda o maior pontuador do encontro, com 37 tentos. E coube a Átila Abreu (Chevrolet Cruze da Pole Motorsport) escrever novamente seu nome na galeria dos vencedores com o triunfo singular na 600ª corrida da categoria.
Em dia muito especial, a Stock Car recebeu uma visita ilustre: ex-chefe da Ferrari e ex-presidente da FIA (Federação Internacional de Automobilismo), Jean Todt foi convidado especial de Felipe Massa, que foi comandado pelo francês de 77 anos em sua passagem pela escuderia italiana e é definido pelo piloto da Lubrax Podium como “um grande amigo e um segundo pai”.
“É a minha primeira vez em uma corrida da Stock Car. Estou muito feliz por estar aqui, por estar ao lado do Felipe, em sua nova vida na principal categoria do esporte a motor no Brasil. O evento hoje reflete o tamanho do amor e da paixão do povo pelo automobilismo e pelas corridas. O Brasil tem uma longa história de campeões, de vencedores, como Ayrton Senna, Felipe Massa, Rubens Barrichello, Nelson Piquet, Emerson Fittipaldi… Tanto é que o automobilismo faz parte da cultura daqui”, destacou.
Além de Jean Todt, milhares de goianos encheram o autódromo, garantindo venda esgotada de ingressos para a jornada deste fim de semana. Todos prestigiaram mais uma etapa empolgante de um campeonato que agora começa a se encaminhar para a reta final.

Presença ilustre: Jean Todt cumprimenta Fernando Julianelli, CEO da Vicar (Marcelo Machado de Melo/Stock Car)

Vitória na raça — A Stock Car premiou o belo público em Goiânia com duas corridas de altíssima intensidade. A primeira prova do domingo foi de ritmo alucinante do início ao fim, com incontáveis disputas por posição em altas velocidades — acima dos 260 km/h — e também por diferenças mínimas de tempo. Cesar Ramos manteve a liderança depois de ter largado na pole e seguiu assim até a abertura da janela para pit-stop obrigatório.
Nelson Piquet travou boa briga com Lucas Foresti e conseguiu superar o brasiliense, ainda durante a janela. Em estratégia diferente e voltada para a segunda corrida, três dos cinco carros da operação da Full Time optaram por retardar o pit-stop e seguiram na pista: Rubens Barrichello, Gianluca Petecof e Tony Kanaan andaram por boas voltas nas três primeiras colocações, respectivamente, antes da parada obrigatória.
Tão logo a janela foi fechada, logo depois de Petecof fazer sua parada, Cesar Ramos voltou a assumir a liderança da corrida, com Piquet em segundo e Foresti em terceiro, mas lutando por posição com Ricardo Zonta.
Piquet Jr. apertou o ritmo e encostou em Cesar Ramos nas últimas voltas, no prenúncio de um desfecho espetacular. Nelsinho ainda emparelhou e colocou seu carro lado a lado, mas a vitória, pela segunda vez em Goiânia, foi de Ramos, com diferença de 0s514. Lucas Foresti foi o terceiro, seguido por Ricardo Zonta e Rafael Suzuki. Felipe Fraga foi o sexto, à frente de Gabriel Casagrande, Átila Abreu em oitavo, Gaetano Di Mauro em nono e Dudu Barrichello, em décimo e na primeira posição do grid da prova seguinte. Thiago Camilo terminou em 17º, enquanto Daniel Serra abandonou por decisão estratégica.

Ramos travou duelo com Nelson Piquet Jr. nas voltas finais da Corrida 1 (Duda Bairros/Stock Car)

Acidentes — Dudu Barrichello puxou a fila da Corrida 600 da Stock Car. A prova iniciou acidentada e foi necessária a intervenção do safety-car: Thiago Camilo foi um dos envolvidos e teve de abandonar, em cenário que decretou sua saída da liderança do campeonato.
Dudu enfrentou problemas e Átila Abreu tomou a liderança da corrida assim que a bandeira verde foi acionada. Logo em seguida, Gaetano Di Mauro acionou o push-to-pass e assumiu a primeira posição. Mas ambos também foram aos boxes para o procedimento obrigatório, em período que mudou o rumo da corrida em razão das muitas estratégias distintas.
Com foco na segunda prova da etapa, Gianluca Petecof liderava a disputa, com Rubens Barrichello em segundo depois de 12 voltas. E foi justamente o jovem de 20 anos o último a fazer sua parada, o que aconteceu na volta 19. Gianluca voltou em quarto, atrás do novo líder, Átila Abreu, e também por Rafael Suzuki e Rubens Barrichello.
A empolgante luta pela vitória foi interrompida por um forte acidente na reta dos boxes, com muitos carros envolvidos. O mais avariado foi o de Gabriel Casagrande. O campeão de 2021 foi retirado do bólido e passa bem. A corrida foi encerrada com bandeira vermelha, o que decretou a vitória de Átila, em dobradinha da Pole Motorsport, chefiada por Joselmo Barcik, o ‘Polenta’. Suzuki finalizou na segunda posição e Rubens Barrichello foi o terceiro.
Petecof foi o quarto colocado, enquanto Daniel Serra alcançou resultado muito importante para o campeonato e foi o quinto. Bruno Baptista terminou em sexto, à frente de Enzo Elias, Ricardo Zonta, Felipe Baptista e Cacá Bueno, que completou a relação dos dez melhores colocados da 600ª corrida da Stock Car.

Vitória na Stock 600 — Átila Abreu alcançou sua 18ª vitória na Pro Series. A última vez que o sorocabano havia subido ao topo do pódio foi em 8 de agosto de 2021, no saudoso Autódromo Internacional de Curitiba, curiosamente também no anel externo do traçado.
O dono do Chevrolet Cruze #51 vibrou por alcançar um feito emblemático, que o colocou ao lado de Chico Serra, Xandy Negrão, Cacá Bueno, Thiago Camilo e Daniel Serra, todos vencedores de corridas centenárias na Stock Car.
“Vencer essa única Chevrolet Silverado Stock Car 600 é muito marcante. Se existe a Stock Car é porque a Chevrolet desde o início apoia a categoria. Então é uma vitória única. Estou muito feliz porque, para a equipe, é um resultado muito importante, e para mim também. Vínhamos ‘batendo na trave’ e sofrendo com a performance, mas há duas corridas mudamos totalmente o nosso conceito, nosso jeito de pensar a construção do carro, e melhorou bastante. Falta um pouquinho de velocidade em ritmo de classificação, mas estamos melhorando. Hoje o trabalho do time foi impecável, seja na estratégia, nos pit-stops, então quero dedicar o resultado aos nossos ‘mecas’: sabemos o quanto eles ralam, dia e noite, para deixar o carro perfeito”, vibrou.
Cesar Ramos voltou a triunfar em Goiânia. Sua primeira vez no topo do pódio na Stock Car aconteceu justamente no Autódromo Internacional Ayrton Senna, em 22 de outubro do ano passado, naquela ocasião correndo no circuito misto. A conquista deste domingo tem o sabor da superação depois da grande batalha travada com Piquet Jr. nas voltas finais.
“Ganhar corrida é sempre especial, e não tem vitória fácil. Mas não precisava ser tão difícil assim [risos]. Em algum momento da corrida consegui respirar, mas estava muito de olho no Nelsinho e já esperava que ele cresceria para cima de mim no final, quando ele se livrou do Lucas. Estava muito atento a todo movimento. E cada vez que ele chegava mais perto ainda tive de me livrar dos retardatários. Então tive de usar o push bem rápido, na hora certa. E quero só agradecer à minha equipe, à Ipiranga e à Toyota. Foi difícil, mas é nossa. Abrimos bem a segunda metade do campeonato, com um time muito forte ao meu lado, então acredito que a gente pode subir cada vez mais e chegar lá na Super Final com chances”, concluiu.

“Novo velho” líder — A temporada 2023 da Stock Car tem mais uma alternância na liderança do campeonato. Depois de ter ocupado a ponta da tabela depois da etapa que abriu o calendário, justamente em Goiânia, Daniel Serra está de volta à primeira posição, agora com 179 pontos. Gabriel Casagrande é o vice-líder, somando 171 tentos, e Ricardo Zonta assumiu a terceira posição, com 168, empatado com Thiago Camilo, que enfrentou um duplo revés nas corridas deste domingo. Rubens Barrichello é o quinto na lista dos melhores pontuadores, com 165.
Rafael Suzuki se mantém entre os seis primeiros e tem agora 159 pontos. Vencedor da Corrida 1 nesta etapa, Cesar Ramos ganhou uma posição no campeonato e está em sétimo, com 153. Felipe Baptista segue entre os melhores do campeonato e acumula 127. Gianluca Petecof aparece em nono e tem 125 pontos, enquanto Nelson Piquet Jr. fecha o top-10 do campeonato, com 124.
A oitava etapa da temporada acontece em três semanas, entre 15 e 17 de setembro, no Velopark, em Nova Santa Rita (RS), na Região Metropolitana de Porto Alegre.

Stock Car Pro Series, GP Silverado Stock Car 600, etapa 7, temporada 2023
Corrida 1

1º – Cesar Ramos (Ipiranga Racing/Toyota Corolla), 36 voltas em 31min13s119
2º – Nelson Piquet Jr. (Crown Racing/Toyota Corolla), a 0s514
3º – Lucas Foresti (A.Mattheis-Vogel/Chevrolet Cruze), a 1s286
4º – Ricardo Zonta (RCM Motorsport/Toyota Corolla), a 2s950
5º – Rafael Suzuki (Pole Motorsport/Chevrolet Cruze), a 7s048
6º – Felipe Fraga (Blau Motorsport/Chevrolet Cruze), a 10s300
7º – Gabriel Casagrande (A.Mattheis-Vogel/Chevrolet Cruze), a 10s711
8º – Átila Abreu (Pole Motorsport/Chevrolet Cruze), a 11s614
9º – Gaetano Di Mauro (Hot Car Competições/Chevrolet Cruze), a 12s263
10º – Dudu Barrichello (Mobil Ale /Toyota Corolla), a 13s319
11º – Matías Rossi (Full Time Sports/Toyota Corolla), a 14s956
12º – Felipe Massa (Lubrax Podium/Chevrolet Cruze), a 25s890
13º – Gianluca Petecof (Full Time Sports/Toyota Corolla), a 31s460
14º – Ricardo Maurício (Eurofarma RC/Chevrolet Cruze), a 34s156
15º – Rubens Barrichello (Mobil Ale/Toyota Corolla), a 38s529
16º – Felipe Baptista (KTF Racing/Chevrolet Cruze), a 1 volta
17º – Thiago Camilo (Ipiranga Racing/Toyota Corolla), a 1 volta
18º – Tony Kanaan (Texaco Racing/Toyota Corolla), a 1 volta
19º – Marcos Gomes (Cavaleiro Sports/Chevrolet Cruze), a 1 volta
20º – Julio Campos (Lubrax Podium/Chevrolet Cruze), a 1 volta
21º – Cacá Bueno (KTF Sports/Chevrolet Cruze), a 1 volta
22º – Enzo Elias (Crown Racing/Toyota Corolla), a 1 volta
23º – Denis Navarro (Cavaleiro Sports/Chevrolet Cruze), a 3 voltas
24º – Allam Khodair (Blau Motorsport/Chevrolet Cruze), a 4 voltas
25º – Guilherme Salas (KTF Racing/Chevrolet Cruze), a 7 voltas

Não completaram
Bruno Baptista (RCM Motorsport/Toyota Corolla), a 14 voltas
Sergio Jimenez (Scuderia Chiarelli/Toyota Corolla), a 16 voltas
Rodrigo Baptista (KTF Sports/Chevrolet Cruze), a 21 voltas
Lucas Kohl (Hot Car Competições/Chevrolet Cruze), a 21 voltas
Raphael Teixeira (Scuderia Chiarelli/Toyota Corolla), a 21 voltas
Daniel Serra (Eurofarma RC/Chevrolet Cruze), a 21 voltas

Corrida 2
1º – Átila Abreu (Pole Motorsport/Chevrolet Cruze), 22 voltas em 23min40s262
2º – Rafael Suzuki (Pole Motorsport/Chevrolet Cruze), a 1s714
3º – Rubens Barrichello (Mobil Ale/Toyota Corolla), a 3s088
4º – Gianluca Petecof (Full Time Sports/Toyota Corolla), a 4s400
5º – Daniel Serra (Eurofarma RC/Chevrolet Cruze), a 6s027
6º – Bruno Baptista (RCM Motorsport/Toyota Corolla), a 7s331
7º – Enzo Elias (Crown Racing/Toyota Corolla), a 9s423
8º – Ricardo Zonta (RCM Motorsport/Toyota Corolla), a 11s580
9º – Felipe Baptista (KTF Racing/Chevrolet Cruze), a 20s439
10º – Cacá Bueno (KTF Sports/Chevrolet Cruze), a 26s623
11º – Gaetano Di Mauro (Hot Car Competições/Chevrolet Cruze), a 27s853
12º – Marcos Gomes (Cavaleiro Sports/Chevrolet Cruze), a 29s906
13º – Lucas Foresti (A.Mattheis-Vogel/Chevrolet Cruze), a 31s398
14º – Denis Navarro (Cavaleiro Sports/Chevrolet Cruze), a 32s943
15º – Rodrigo Baptista (KTF Sports/Chevrolet Cruze), a 33s902
16º – Cesar Ramos (Ipiranga Racing/Toyota Corolla), a 35s734
17º – Lucas Kohl (Hot Car Competições/Chevrolet Cruze), a 37s253
18º – Tony Kanaan (Texaco Racing/Toyota Corolla), a 39s010
19º – Raphael Teixeira (Scuderia Chiarelli/Toyota Corolla), a 40s716
20º – Sergio Jimenez (Scuderia Chiarelli/Toyota Corolla), a 47s234
21º – Felipe Massa (Lubrax Podium/Chevrolet Cruze), a 1 volta
22º – Gabriel Casagrande (A.Mattheis-Vogel/Chevrolet Cruze), a 2 voltas
23º – Nelson Piquet Jr. (Crown Racing/Toyota Corolla), a 2 voltas

Não completaram
Ricardo Maurício (Eurofarma RC/Chevrolet Cruze), a 10 voltas
Dudu Barrichello (Mobil Ale /Toyota Corolla), a 16 voltas
Felipe Fraga (Blau Motorsport/Chevrolet Cruze), a 16 voltas
Allam Khodair (Blau Motorsport/Chevrolet Cruze), a 21 voltas
Julio Campos (Lubrax Podium/Chevrolet Cruze), a 21 voltas
Matías Rossi (Full Time Sports/Toyota Corolla), a 21 voltas
Thiago Camilo (Ipiranga Racing/Toyota Corolla), a 21 voltas
Guilherme Salas (KTF Racing/Chevrolet Cruze), a 21 voltas

Classificação do campeonato após sete etapas:
1º – Daniel Serra, 179 pontos
2º – Gabriel Casagrande, 171
3º – Ricardo Zonta, 168
4º – Thiago Camilo, 168
5º – Rubens Barrichello, 165
6º – Rafael Suzuki, 159
7º – Cesar Ramos, 153
8º – Felipe Baptista, 127
9º – Gianluca Petecof, 125
10º – Nelson Piquet Jr., 124
11º – Felipe Fraga, 122
12º – Matías Rossi, 121
13º – Guilherme Salas, 120
14º – Gaetano Di Mauro, 107
15º – Bruno Baptista, 105
16º – Lucas Foresti, 102
17º – Ricardo Maurício, 99
18º – Felipe Massa, 94
19º – Allam Khodair, 94
20º – Julio Campos, 79
21º – Átila Abreu, 78
22º – Dudu Barrichello, 78
23º – Marcos Gomes 77
24º – Cacá Bueno, 75
25º – Denis Navarro, 73
26º – Sergio Jimenez, 50
27º – Enzo Elias, 39
28º – Lucas Kohl, 37
29º – Rodrigo Baptista, 20
30º – Tony Kanaan, 17
31º – Arthur Leist, 9
32º – Rafael Martins, 4
33º – Antônio Junqueira, 4
34º – Raphael Teixeira, 4
35º – Diego Nunes, 2

Calendário da temporada 2023
Etapa / Data / Local
8ª – 17/09 – Velopark (RS)
9ª – 08/10 – Buenos Aires (Argentina)
10ª – 29/10 – Velocitta (SP)
11ª – 26/11 – Brasília (DF)
12ª – 17/12 – Interlagos (SP)

- Publicidade -
Google search engine
NOTÍCIAS RELACIONADAS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -
Google search engine

Mais Popular