quarta-feira, julho 17, 2024
- Publicidade -
InícioFórmula 1F1: Ferrari vai oferecer R$ 249 milhões a Hamilton, diz jornal inglês

F1: Ferrari vai oferecer R$ 249 milhões a Hamilton, diz jornal inglês

Segundo o tabloide Daily Mail, a fim de contratar o piloto, a equipe italiana teria que tomar a decisão entre manter Leclerc ou Sainz, dando prioridade à primeira opção. Vale ressaltar que o contrato do britânico com a Mercedes expira no final deste ano.

Há especulações de longa data sobre uma possível parceria entre Lewis Hamilton, o maior campeão em atividade na Fórmula 1, e a Ferrari, a equipe com mais títulos de construtores. Apesar de Hamilton ter expressado admiração pela escuderia italiana, ele reafirmou seu compromisso com a Mercedes nos últimos anos. No entanto, o jornal britânico Daily Mail afirma que essa situação pode mudar, uma vez que a Ferrari estaria preparando uma oferta de 40 milhões de libras, o equivalente a R$ 249 milhões, para atrair o heptacampeão para Maranello.

O contrato de Hamilton com a Mercedes chega ao fim no final da atual temporada, enquanto os contratos de Charles Leclerc e Carlos Sainz, os atuais pilotos da Ferrari, expiram em dezembro de 2024. De acordo com o tabloide britânico, a escuderia daria prioridade em manter Leclerc, mas também não descartaria a possibilidade de escolher Sainz.

Foto: Steve Etherington/Mercedes-AMG

Há especulações em torno da possível saída de Hamilton da Mercedes devido à má fase da equipe, que passou de oito títulos consecutivos para a posição de terceira força na Fórmula 1. Com um desempenho distante do líder Red Bull Racing no Campeonato de Construtores, a equipe tem se limitado a disputas com Ferrari e Aston Martin. Além disso, pesa sobre Hamilton a busca pelo octacampeonato, já que ele tem 38 anos de idade.

Por outro lado, a Ferrari já possui uma dupla de pilotos, que embora funcione bem, não foi páreo para a superioridade de Max Verstappen em 2022. O ano foi marcado por erros individuais e coletivos da escuderia italiana, e neste ano, o carro não tem atendido às expectativas, levando a equipe a correr contra o tempo para melhorá-lo.

Há relatos de que Hamilton já está em conversas com o presidente da Ferrari, John Elkann. No entanto, o heptacampeão se mostrou distante da equipe em declarações recentes, afirmando que fãs italianos lhe pedem para se juntar à equipe, algo que ele considera “um sonho para todos”.

Foto: Dan Istitene – Formula 1/Formula 1 via Getty Images

Durante seus 16 anos de carreira na Fórmula 1, Lewis Hamilton competiu apenas por duas equipes: McLaren e Mercedes. Ele completou uma década na equipe alemã neste ano. Embora a renovação com a Mercedes seja considerada como certa, as negociações contratuais têm sido adiadas.

“Pode parecer um tanto ingênuo, mas realmente tenho dificuldade em pensar em um plano B quando o plano A ainda é minha opção favorita. Não tenho interesse em entrar em discussões com outros pilotos, pois estou satisfeito com aqueles que estão na equipe, com certeza. Neste momento, não há plano B. É Lewis”, afirmou o chefe da Mercedes, Toto Wolff.

- Publicidade -
Google search engine
NOTÍCIAS RELACIONADAS
- Publicidade -
Google search engine

Mais Popular